Tron: O Legado – Curiosidades

O filme TRON: O Legado, a nova super produção da Walt Disney, que estreia nos cinemas dia 17 de dezembro. Leia abaixo algumas curiosidades a respeito dele:

O diretor Joseph Kosinski concebeu o mundo altamente detalhado de Tron: O Legado ao recrutar uma equipe de artistas muito conceituados nos ramos em que atuam: desenhistas automotivos, arquitetos, engenheiros industriais, desenhistas gráficos e ilustradores.

A Grade é conceitualizada como uma cidade repleta de luzes que abriga mais de um milhão de programas como habitantes. No topo de um arranha-céu de um quilômetro e seiscentos metros de altura, sobre a cidade, está a boate End of Line Club. Já Outlands, é uma região obscura e perigosa, encontra-se além das fronteiras da Grade.

Os moradores da Grade se divertem com jogos do tipo gladiador, nos quais combatentes jogam discos de luz e bastões uns contra os outros, e apreciam assistir corridas mortais de motos de luz em enormes estádios com pistas de vários níveis.

A utilização da luz permeou o estilo de vida da Grade − de trajes de vanguarda iluminados e motos e discos de luz, até movimentos perfeitos – através da arquitetura, dos veículos e das roupas como um elemento unificador.

A arquitetura de Tron: O Legado apresenta cenários modernos e minimalistas, ângulos destacados pela iluminação com extenso uso de pisos iluminados por baixo e tiras de iluminação no chão.

No abrigo de Kevin Flynn, uma peça neo-vitoriana é posta no interior minimalista para mesclar o antigo com o novo.

Os trajes moldados no corpo com padrões distintos de iluminação estão influenciando estilistas de roupas e calçados, com elementos de moda sendo vistos nas passarelas e em revistas de moda.

Em Tron: O Legado, Jeff Bridges volta a se reunir com seus colegas de Tron (1982): Bruce Boxleitner, que interpreta Alan Bradley, e Steven Lisberger, o diretor/escritor de Tron, agora produtor de Tron: O Legado.

Jeff Bridges recria o papel que interpretou em Tron de 1982, 28 anos atrás, possivelmente o mais longo tempo para um ator entre a primeira e a segunda interpretação de um mesmo personagem em um filme.

O personagem de Jeff Bridges, Kevin Flynn, mora em Outlands, uma região obscura e perigosa fora da Grade, em um abrigo com vista para a própria Grade , à distância.

Garrett Hedlund (Sam Flynn) e Olivia Wilde (Quorra) queriam trabalhar juntos desde que se conheceram quando trabalhavam em seus projetos de estreia, há sete anos.

Garrett Hedlund treinou pilotar motocicleta, combate corpo a corpo, acrobacia, capoeira e parkour para se preparar para o papel do extremamente atlético Sam Flynn.

Olivia Wilde gostou de seu papel e do aspecto físico envolvido, tendo participado das sequências de luta e enfrentado Hedlund em todas as cenas – mas por ter treinado com sapatilhas sem saltos precisou reiniciar os treinamentos com os saltos de dez centímetros usados por Quorra.

Para as sequências, Bruce Boxleitner, no papel de Alan Bradley, foi transformado em uma versão mais jovem de si mesmo, graças aos esforços dos cabeleireiros e maquiadores e dos magos da CG.

Michael Sheen (Castor) viu o original Tron no País de Gales quando tinha uns 12 anos e virou fã na mesma hora – e nunca imaginou que teria a chance de interpretar um papel na aventura high tech Tron: O Legado.

Os saltos extremamente altos e angulosos dos trajes das Sirens apresentaram um desafio a Beau Garrett (Gem), que pôde ser vista treinando subir as escadas do cenário do End of Line Club antes de filmar suas cenas.

As atrizes que interpretam as Sirens trabalharam com um coreógrafo para coordenar e sincronizar o modo de andar e os gestos, de forma que seus movimentos ficassem idênticos. Foi necessária uma equipe de cabeleireiros e maquiadores – junto com duas camareiras para vesti-las – levava cerca de três horas para transformar as atrizes em Sirens.

James Frain já interpretou homens a serviço de governantes poderosos – ele já foi o embaixador espanhol Alvaro de la Quadra de Elizabeth I, no filme Elizabeth; Thomas Cromwell de Henrique VII, da série The Tudors; e Mott, a serviço do rei vampiro na série True Blood.

Anis Cheurfa, que interpreta Rinzler, é um praticante das artes marciais conhecido no mundo todo e é considerado pioneiro em Martial Arts Tricking. Rinzler é o jogador da elite nos jogos da Grade e tem a habilidade de dividir seu disco em duas armas.

Veja também os outros conteúdos do Especial Tron: O Legado que preparamos para você.


Todas as informações e opiniões publicadas no interrogAção não representam necessariamente a opinião do portal, e são de total responsabilidade dos seus respectivos autores.
 
Este post foi publicado emTRON: O Legado e tags , , , , , , . Bookmark o permalink. Comentar ou deixar um trackback:Trackback URL.


Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Spirallab