Diário de um Hiperativo — Episódio 7

Clique na imagem para ampli­ar!


Clique na imagem para ampli­ar!


Todas as informações e opiniões publicadas no interrogAção não representam necessariamente a opinião do portal, e são de total responsabilidade dos seus respectivos autores.
 
Este post foi publicado emDiário de um Hiperativo e tags , , . Bookmark o permalink. Comentar ou deixar um trackback:Trackback URL.


Comentários

  1. avatar Janos Biro disse:

    Enten­di que o hiper­a­ti­vo tem medo de não ter nada para faz­er. Mas o que é não faz­er nada? Não faz­er nada é ter tem­po para repen­sar e com­preen­der o sen­ti­do e o sig­nifi­ca­do da sua própria existên­cia. Não estar ocu­pa­do com nen­hu­ma out­ra ativi­dade é o pré-req­ui­si­to para faz­er leitu­ra da sua própria vida. Então eu per­gun­to, o que na vida do hiper­a­ti­vo é tão prob­lemáti­co que o faz procu­rar se refu­gir no preencher do tem­po com ativi­dades?

Spirallab