Oficina com Jean Jacques Lemêtre em Curitiba na Ave Lola

Nos dias 21, 22 e 23 de jul­ho, artis­tas que bus­cam na músi­ca suas refer­ên­cias ou que fazem dela seu obje­to de tra­bal­ho terão a opor­tu­nidade de se reen­con­trar com Jean Jacques Lemêtre, músi­co do Théâtre du Soleil, con­sid­er­a­do um dos grandes gru­pos do teatro con­tem­porâ­neo mundi­al.

A Ofic­i­na vai abor­dar as relações entre a músi­ca e o teatro a par­tir de princí­pios como o “cor­po melódi­co”, o “cor­po har­môni­co” e o “cor­po rít­mi­co”, que são as bases do Théâtre du Soleil, recon­heci­do pelo exímio tra­bal­ho cole­ti­vo dos artis­tas.

Em suas cri­ações, a dire­to­ra da com­pan­hia, Ari­ane Mnouchkine, propõe a per­fei­ta sim­biose entre cena e músi­ca, como se esta fos­se parte da própria res­pi­ração dos atores ou uma expressão oníri­ca do tex­to”, con­ta Ana Rosa Tez­za, da Ave Lola Espaço de Cri­ação.

Lemêtre entende que a músi­ca rep­re­sen­ta um ter­ceiro pul­mão do ator. Na com­pan­hia france­sa, o per­former acom­pan­ha o elen­co não só ao lon­go das cri­ações, mas no próprio ato da ence­nação. Durante a ofic­i­na, as dinâmi­cas serão baseadas prin­ci­pal­mente no rit­mo, na con­cen­tração e na pre­sença cêni­ca dos par­tic­i­pantes por meio de difer­entes modal­i­dades de impro­visação. As vagas para as ativi­dades são lim­i­tadas.

Jean-Jacques Lemêtre é con­heci­do por cri­ar cen­te­nas de instru­men­tos musi­cais e por exe­cu­tar mais de 2800 obje­tos sonoros. Ele traz no cur­rícu­lo o cobiça­do Prêmio Molière na cat­e­go­ria “músi­ca para teatro” e tam­bém com­põe tril­has para cin­e­ma ao lado de influ­entes dire­tores, como David Lynch. Há 20 anos, Lemêtre reúne gravações de vozes em mais de 1800 lín­guas e diale­tos; com o reg­istro, ele pre­tende com­por um grande poe­ma sin­fôni­co.

Esta ofic­i­na acon­tece em parce­ria com o Con­ser­vatório de MPB, da Fun­dação Cul­tur­al de Curiti­ba.

SERVIÇO:
Ofic­i­na “O Teatro Músi­ca”, com Jean Jacques Lemêtre, músi­co do Théâtre du Soleil
Par­tic­i­pantes: Músi­cos, atores, clowns, bailar­i­nos, per­form­ers e estu­dantes destas áreas.
Perío­do: 21, 22 e 23 de jul­ho, das 09h às 12h e das 14h às 17h.
Local: Ave Lola Espaço de Cri­ação — Rua Por­tu­gal, 339 — São Fran­cis­co – Curiti­ba — PR
Inves­ti­men­to: R$200,00
Vagas lim­i­tadas.
Inscrições pelo site da Ave Lola.


Todas as informações e opiniões publicadas no interrogAção não representam necessariamente a opinião do portal, e são de total responsabilidade dos seus respectivos autores.
 
Este post foi publicado emNotícias de Eventos e tags , , , , . Bookmark o permalink. Comentar ou deixar um trackback:Trackback URL.


Spirallab