As Aventuras de Tadeo | Crítica

As aventuras de Tadeo é uma animação espanhola que faz sátira de Indiana Jones e Lara Croft

asaventurasdetadeo-posterHá algum tempo que o mercado da animação vem saindo do eixo das grandes produtoras americanas e a internet é uma poderosa ferramenta para a divulgação de trabalhos que surgem no mundo todo. Alguns deles acabam ganhando as telas e entrando no circuito comercial, como é caso de As Aventuras de Tadeo (Las aventuras de Tadeo Jones, Espanha, 2012), do espanhol Enrique Gato.

Tadeo Jones cresceu sonhando em ser um arqueólogo aventureiro, inteligente e descobridor de grandes tesouros. Como descendente de imigrantes latinos em Chicago, consegue ser apenas um trabalhador da construção civil, onde o máximo que se aproxima da arqueologia é através dos vídeos que assiste de Max Mordon, um arqueólogo garanhão bem ao estilo de apresentador da National Geographic. Tadeo é amigo do Professor Humbert, que o ajuda a alimentar as histórias fantásticas de descobertas. Um dia o professor é chamado para uma escavação no Peru, mas por uma série de obstáculos acaba não conseguindo ir e por ironia, Tadeo toma o seu lugar e vai para a América do Sul.

asaventurasdetadeo1

O enredo de As Aventuras de Tadeo se desenrola através da velha premissa de mocinhos e bandidos, com direito a romances no meio disso. Lá no Peru, Tadeu conhece Sara, a versão Lara Croft arqueóloga do longa, e é ela que irá levar ele até o tesouro da cidade mítica de Paititi. O título e cartaz já anunciam muitas aventuras a la Indiana Jones, fugindo das típicas buscas no Egito ou na submersa Atlântida. Aqui, os personagens rumam ao Peru atrás de tesouros dos ameríndios tornando o longa bem mais interessante apesar dele não fugir do comum. É possível reconhecer facilmente as referências dos personagens, como as citadas acima, e o diretor consegue se sair bem nessa empreitada, apesar de não inovar muito.

asaventurasdetadeo3

O animador espanhol vem trabalhando desde 2004 na figura de Tadeo como um personagem simples e carismático, que fizesse homenagem e sátira dos filmes de aventura, sendo um anti-herói que se metendo em enrascadas acaba desvendando mistérios e ajudando pessoas. Já a técnica da animação é parecida com os traços do Mickey mais antigo com rostos e corpos bem esféricos com membros longos e cenários bem coloridos. O diretor recebeu duas premiações do Goya – uma espécie de Oscar espanhol – com Tadeo Jones (2005) e Tadeo Jones e o Porão da Desgraça (2007).

asaventurasdetadeo2

As Aventuras de Tadeo é divertido e descompromissado, vai agradar bastante o público infantil, com personagens carismáticos e divertidos, apostando naqueles mascotes que arrancam boas risadas, como o papagaio mudo. Apesar de que provavelmente a animação não vá permanecer muito tempo na memória dos fãs do gênero, ela é bem divertida e merece ser vista.

Trailer:


Todas as informações e opiniões publicadas no interrogAção não representam necessariamente a opinião do portal, e são de total responsabilidade dos seus respectivos autores.
 
Este post foi publicado emCinema, Críticas e tags , , , , , , . Bookmark o permalink. Comentar ou deixar um trackback:Trackback URL.


Dossiê Daniel Piza
Spirallab