Cafeka

Atire a primeira pedra aquele ou aquela que tenha um tanto de vício no café e até hoje não se sentiu metamorfoseado após goles da bebida mágica. Embarcando nessa, digamos, premissa de que o café – e até a falta dele – pode causar as mais diversas sensações e juntando ideias de Kafka, com muita imaginação, que o curta Cafeka (Brasil, 2011) traz uma metamorfose inusitada.

O roteiro de Cafeka é a metamorfose de seres impregnados em copos – aqueles clássicos de isopor – de café. Estes seres surgem justamente com gotas recém saídas de uma cafeteira expressa e vão se metamorfoseando em muitas outras figuras que estão aparentemente presas nesses copos e desejam sair e criar vida. Os sentidos de mutação e transformação são expostos de forma magistral insinuando, de forma muito criativa, a demência do uso abusivo do café.

Uma viagem que pode até ser nonsense para os poucos não apreciadores da bebida mágica, mas que mesmo assim não deixa de ser interessante. Cafeka é um stop-motion impecável que mostra 400 copos em plena transformação inspirada na obra mais conhecida de Franz Kafka, A Metamorfose. A animação levou quase um ano para ser feita e envolveu uma boa equipe organizada pelo estúdio Alopra, de Porto Alegre.

Confira o site da Alopra Estúdio e fotos do Making Of de Cafeka.


Todas as informações e opiniões publicadas no interrogAção não representam necessariamente a opinião do portal, e são de total responsabilidade dos seus respectivos autores.
 
Este post foi publicado emCurta do Mês e tags , , , , , , , , , , , , . Bookmark o permalink. Comentar ou deixar um trackback:Trackback URL.


Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Spirallab